BUGs: O Fórum foi migrado para um novo servidor. Contudo, ainda apresenta erros de códigos e de algumas funções, como negrito, itálico, quotes, textos sublinhados etc. Mas não se preocupem, será corrigido. ~Commodoro

Ajude na manutenção do Fórum: https://www.paypal.com/cgi-bin/webscr?c ... source=url

Novos usuários podem ter que aguardar a aprovação de um Administrador para fazer o login e começar a postar.

Carnaval

Discussões com temáticas realistas e afins
Avatar do Usuário
Major Lobo Realista
Líder da Moderação
Líder da Moderação
Mensagens: 2214
Registado: 14 mar 2016, 01:30
Reputação: 18
United States of America

Carnaval

Mensagempor Major Lobo Realista » 09 fev 2018, 00:25

Informando aos Senhores que sexta-feira, dia 09/02 às 17:30 se encerra a crise no Brasil!

Retornaremos com ela na quarta-feira ao meio dia!

Obrigado pela compreensão e apoio de todos!

Estava vendo televisão enquanto esperava uma consulta médica, no programa lixoso da Fátima Bernardes um pessoal falando que se fantasia no Carnaval pra se estravazar, uma mulher dizendo que fica boazinha o ano todo e no carnaval se fantasia de Tigresa, e imaginei se o Carnaval no fundo não é aquele dia do expurgo da série de filmes "Uma noite de crime" na vida real:

[img]https://scontent.fvix2-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/27751588_780095338867929_6548893481912784077_n.jpg?oh=ed6f72ecbf037e1ca446ff492deca34e&oe=5B18D694[/img]
[img]https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQUGoEUMGrNsFwMNthX_tuBSbb0EuPCDR8xPrKm1zWs6qtArcno[/img]

Só que no Huezil, em vez de assassinar o fetiche dos caras é se vestir de mulher disseminando mais ainda o cuckoldismo social, e isso é bem antigo, e das mulheres agora é se vestir de poderosa, tigresa, empoderada...

[img]http://www.sensacionalista.com.br/wp-content/uploads/2017/02/04.jpeg[/img]

famosas ditando as tendências no carnaval:
[img]http://static1.purepeople.com.br/articles/4/16/11/44/@/1944274-maria-casadevall-curtiu-o-desfile-do-blo-950x0-3.jpg[/img]
[img]http://s2.glbimg.com/XuTCAeQ-AowKdSKrQzAecayAzKI=/0x0:719x620/690x0/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_e84042ef78cb4708aeebdf1c68c6cbd6/internal_photos/apis/f62fb75570a54d9798ebef1f7035314f/carolina-dieckmann-fantasia.jpg[/img]

Pra esses o meu mais sincero desejo é:

[img]https://scontent.fvix2-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/27749747_780097172201079_3013453874259921508_n.jpg?oh=6bedd545cce4fcfeb5add5a35cf632fe&oe=5ADF9E37[/img]

Só não pergunto pra vocês onde vão passar o carnaval porque isso é coisa do Corpus Christi/cervo/Arthur_Vinicius, mas eu ou vou passar num lugar bem longe, ou ficarei em casa descansando bem longe da folia, como sempre faço.

[img]https://scontent.fvix2-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/27654847_780097162201080_5745600938152649556_n.jpg?oh=9b752cb59bc0d2ae33efdeb024102036&oe=5B25E893[/img]

Pra finalizar, vejam no Metendo a real um postagem sobre carnaval e comentem lá também:

[color=#0000FF]Gostou dessa mensagem? Então clique em "qualificar positivamente" ali do lado direito superior da mensagem. Obrigado![/color]

[color=#008000]O que me preocupa não é nem o grito dos esquerdistas, das feminazis, das mães solteiras, dos corruptos, dos maconheiros, dos cachorrentos, dos LGBTs, dos sem caráter e sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons.[/color]

[color=#0000FF]Meu blog:[/color] http://mundoconservador.wordpress.com/
Avatar do Usuário
Major Lobo Realista
Líder da Moderação
Líder da Moderação
Mensagens: 2214
Registado: 14 mar 2016, 01:30
Reputação: 18
United States of America

Re: Carnaval 2018

Mensagempor Major Lobo Realista » 09 fev 2018, 12:18

[size=150]Depois de ensinar a comer merda, Catraca Livre caga regra sobre fantasias de Carnaval[/size]

08/02/2018

Ontem, o site de extrema-esquerda Catraca Livre ensinou a comer merda. Hoje, problematizou fantasias de Carnaval. Tudo é preconceito, apropriação cultural e alguma frescura do tipo.

Catraca Livre, o portal cultural de extrema-esquerda de Gilberto Dimenstein (aquele do Dimensgate), que agita a farândola de zumbis mal pensantes pelas ruas do Brasil, deu recomendações gastronômicas ontem a seus leitores esquerdistas para comerem bosta. Hoje, o resultado: problematizaram 7 fantasias proibindo que sejam usadas no Carnaval. Depois de comer merda, a cagação de regra.

Para que ninguém precise dar audiência e dinheiro ao Catraca Livre, eis as fantasias problematizadas:


1 – Homem vestido de mulher

O clássico absoluto do Carnaval, que é uma festa para NÃO SER LEVADA A SÉRIO. Na Catracolância, tão intelectualmente próxima à Cracolândia, não pode, porque é “desrespeitoso” com as mulheres (como quando você é um bombeiro e vê um menininho vestido de bombeiro, e começa a chorar copiosamente no canto. Escreve o Catraca Livre:

Os homens vestidos de mulher (e até mesmo de noiva) estão por todas as cidades do país no Carnaval. Mas por que está errado? Além de ser machista e desrespeitoso com as próprias mulheres, essa “moda” é preconceituosa contra as pessoas trans e apenas reforça os estereótipos de gênero.

Sim, porque as outras fantasias, como de médico ou marinheiro, não tem estereótipo, as pessoas estudam, tiram todas as certificações e agem seriamente no Carnaval contra os preconceitos.

No mais, pessoas trans sofrem preconceitos quando alguém se veste de mulher. E elas que fazem isso, o Catraca também vai proibir no Carnaval?


2- Índio ou índia

A grande verdade do poder político, dos debates intelectuais, ônibus no horário de pico e dos banheiros públicos – é muito rei pra pouco trono – foi levada ao limite non plus ultra pelo portal de extrema-esquerda. O melhor mesmo é a curadoria:

A fantasia de índio ou índia representa uma cultura ampla e diversa, e não apenas um indivíduo, construído no Carnaval de forma estereotipada. De que adianta usar um cocar para curtir o bloco enquanto a população indígena é vítima de genocídio?

Não pode se fantasiar de índio pra curtir o Carnaval. Só pode se for pra fazer demagogia barata enquanto rouba o povo. pic.twitter.com/IHAyPhZyTG

— Charline Messa (@charlinemessa) February 8, 2018


3- Cigano ou cigana

A cultura dos ciganos é muito marginalizada na sociedade e qualquer tipo de fantasia que remeta a este grupo perpetua os estereótipos de vestimenta e acessórios associado a ele. Não é possível reduzir a cultura do povo cigano a uma bandana com lantejoulas douradas.

Difícil mesmo seria crer que a cultura cigana quer viver no centro, e não na margem da sociedade. A ânsia para falar uma palavrinha da moda sem refletir por 1 segundo e meio é o único tipo de humor que a esquerda é capaz de produzir. Agora pergunte para o Catraca Livre o que raios a cultura cigana tem além de bandana com lantejoulas douradas e filme a resposta.


4- Empregada doméstica ou enfermeira (de forma sexualizada)

Pro Catraca Livre, isso “evidencia as relações de poder e o machismo”. Exatamente igual a… bem, qualquer outra coisa (a cor do céu, as vacas comerem capim, o PIB das Ilhas Marianas Setentrionais e a cueca do Bolsonaro).

A propósito, se for uma obesa pelancuda usando roupinha de enfermeira sexy, certamente aí ela estará questionando os padrões de beleza e lacrando e berro e faltará entrevista no Encontro com Fátima Bernardes.


5- “Nega maluca”

Falaram, falaram, e esqueceram de falar de “maluquice”:

Se fantasiar de “nega maluca” é uma clara apropriação cultural e também um caso de blackface e racismo, pois ridiculariza as mulheres negras. O blackface surgiu por volta de 1830, quando homens brancos de pintavam de preto (de forma caricata) e se apresentavam para a aristocracia branca com o objetivo de satirizar a população negra.

Tem de avisar pro Chico Buarque, claro. Porque um branco gostar de negro também é claramente racismo. (quem, puta que lhos paralho, quem seria racista ao querer sair como negro, mesmo sendo branco?!?!?!?!??!?!?!?!?!?!?!?!?!)


6- Iemanjá

Iemanjá é uma divindade africana do Candomblé e da Umbanda, que até hoje sofrem com a intolerância e o racismo. Usar essa fantasia demonstra desrespeito com essas religiões.

Já se vestir de Jesus gay rola até concurso! E freira com cinta-caralha idem. E quem deve “respeito” a Iemanjá, que, dãããã, é em si uma “apropriação cultural”? Deveriam era proibir essas “religiões” como umbanda e candomblé se é para usar esse argumento de quem saboreou o prato gastronômico de ontem.


7- Muçulmano

O “argumento” é resumido a “usar adereços da cultura muçulmana é desrespeitoso com a religião islâmica”. Já “Tirem os rosários dos meus ovários” não tem o menor problema.

É bom ter deixado os muçulmanos por último. Afinal, quando eles se ofendem, eles acabam explodindo mais do que as outras minorias, né?

Fonte: Senso Incomum
[color=#0000FF]Gostou dessa mensagem? Então clique em "qualificar positivamente" ali do lado direito superior da mensagem. Obrigado![/color]

[color=#008000]O que me preocupa não é nem o grito dos esquerdistas, das feminazis, das mães solteiras, dos corruptos, dos maconheiros, dos cachorrentos, dos LGBTs, dos sem caráter e sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons.[/color]

[color=#0000FF]Meu blog:[/color] http://mundoconservador.wordpress.com/
Avatar do Usuário
Rikimaru
Veterano
Veterano
Mensagens: 453
Registado: 11 mar 2016, 17:55
Reputação: 4
Brazil

Re: Carnaval 2018

Mensagempor Rikimaru » 09 fev 2018, 13:14

Quando chega essa época eu só lembro daquele texto clássico sobre carnaval feito pelo SK
Avatar do Usuário
R. Reddington
Soldado
Soldado
Mensagens: 54
Registado: 17 out 2016, 01:46
Reputação: 4
Russia

Re: Carnaval 2018

Mensagempor R. Reddington » 09 fev 2018, 14:21

Logo logo meu amigos virão me contar, - todos orgulhosos de si -, que beijaram 30 garotas e gastaram 300 reais em 3 dias de festa. Enquanto isso eu passo o carnaval em casa estudando cálculo 1.

Daqui a 5 anos a gente vê quem está melhor.
Avatar do Usuário
Anti herói
Cabo
Cabo
Mensagens: 107
Registado: 15 mar 2016, 00:17
Reputação: 1
Brazil

Re: Carnaval 2018

Mensagempor Anti herói » 09 fev 2018, 15:13

Repartição pública não funciona , o mês com alto índice de natalidade de Enzos e Valentinas, enquanto tiver pão e circo, o povo fica feliz ,parece até clichê porém, todo ano é mesma história ou massa está num "loop infinito".
Avatar do Usuário
Dillan Maccallister
Veterano
Veterano
Mensagens: 109
Registado: 14 abr 2016, 15:02
Reputação: 2

Re: Carnaval 2018

Mensagempor Dillan Maccallister » 09 fev 2018, 17:08

Carnaval é lugar de gado!!!!

Só se encontra nesses lugares o lixo do lixo.

O ano todo o governo fudendo todo mundo e o povão nem liga, agora vá mexer no pão e circo deles para ver

Imagina se cancelassem o Carnaval e com o dinheiro investissem em segurança e saúde,certeza que ai sim, teríamos uma guerra civil aqui no Bostil!!!
Nunca subestime a burrice das pessoas!!!
Avatar do Usuário
Fender
Sargento
Sargento
Mensagens: 235
Registado: 16 mar 2017, 00:30
Reputação: 0
Germany

Re: Carnaval 2018

Mensagempor Fender » 09 fev 2018, 21:48

É por isso que esses animais tem que se foderem, dinheiro para estudar essa malta fica falando que não tem, tempo para estudar não tem, mas para darem o cú tem tempo de sobra, hipocritas imundos esses tem o que merecem!
Avatar do Usuário
The silent gentleman
Conta Desativada
Conta Desativada
Mensagens: 236
Registado: 13 nov 2017, 16:45
Reputação: 3
Brazil

Re: Carnaval 2018

Mensagempor The silent gentleman » 10 fev 2018, 16:26

Carnaval é exaltação da mediocridade. As pessoas saem na rua atrás de sexo, agindo como animais, tomando comportamentos que podem ser interpretados como "danças" de acasalamento para fêmeas. Absolutamente nojento, só fui uma vez em um bloco de rua e achei uma merda, só toca musica ruim, só tem cara querendo arranjar briga, vadia pra la e pra cá. Eu geralmente uso o feriado para ficar de boa, sair com meus amigos que também não gostam, etc, não costumo viajar.





Quanto ao "expurgo" que você citou para mim faz sentido, carnaval é como um passe livre para transar sem responsabilidade, para varzear, para beber até vomitar, para se entupir de drogas ilícitas. Literalmente a animalização do homem, mas não adianta reclamar, a cultura do carnaval vai perdurar por eras a seguir, simplesmente é muito intima a cultura brasileira. Infelizmente, é claro.
O verdadeiro homem quer duas coisas: perigo e jogo. Por isso quer a mulher: [color=#FF0000]o jogo mais perigoso[/color].
Friedrich Nietzsche

[color=#FF0000]Tudo o que é facil não presta.[/color] Nada é facil, nada é simples. Voce sempre vai pagar o preço algum dia.[color=#FF0000] Rejeite o que é facil[/color], seja mulheres, poder, ou qualquer outra coisa.
Avatar do Usuário
Major Lobo Realista
Líder da Moderação
Líder da Moderação
Mensagens: 2214
Registado: 14 mar 2016, 01:30
Reputação: 18
United States of America

Re: Carnaval 2018

Mensagempor Major Lobo Realista » 11 fev 2018, 14:19

Carnaval é uma matrix onde o povão bota máscara e fantasia pra mostrar uma coisa que não é, e tem que sorrir pra mostrar que é feliz. depois vem a quarta-feira de cinzas e o saldo nos hospitais, aí o povo vota pra realidade como ela é.
[color=#0000FF]Gostou dessa mensagem? Então clique em "qualificar positivamente" ali do lado direito superior da mensagem. Obrigado![/color]

[color=#008000]O que me preocupa não é nem o grito dos esquerdistas, das feminazis, das mães solteiras, dos corruptos, dos maconheiros, dos cachorrentos, dos LGBTs, dos sem caráter e sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons.[/color]

[color=#0000FF]Meu blog:[/color] http://mundoconservador.wordpress.com/
Avatar do Usuário
Homem
Moderador
Moderador
Mensagens: 1560
Registado: 12 mar 2016, 19:42
Reputação: 16

Re: Carnaval 2018

Mensagempor Homem » 11 fev 2018, 20:10

Embora não seja entusiasta do carnaval, acho estranha sua repulsa por certos católicos, que veem tais festividades como coisa demoníaca. Tem cheiro de puritanismo no ar. O carnaval é uma festa genuinamente medieval. A Igreja Católica, longe de suprimi-la, sempre foi tolerante para com o carnaval, chegando o Papa Paulo II (sec.XV) a promover a festa de Carnaval na Via Lata (atual [url=https://pt.wikipedia.org/wiki/Via_del_Corso]Via del Corso[/url]), próxima ao Palazzo Venezia (palácio onde residia o referido Papa) e que permanecia silenciosa e deserta ao longo do ano, realizando ali um carnaval romano com corridas de cavalos, desfiles de carros, batalhas de confetes, bailes mascarados e outras brincadeiras que se perpetuaram através dos séculos.

O principal evento era La Corsa dei Barberi (A Corrida dos Cavalos Berberes). Os cavalos "abalados" eram agrupados logo abaixo do obelisco da Piazza del Popolo (Praça do Povo).

O evento foi abolido após a unificação da Itália, pelo rei Vitor Emmanuel II, em 1874, após a morte de um jovem.


[img]https://i.ebayimg.com/images/g/iyEAAMXQeKNTMGHD/s-l1600.jpg[/img]


http://artutto.altervista.org/carnevale-romano/
“A paz de Nosso Senhor só se conquista na guerra.” - Santa Joana D'Arc
Avatar do Usuário
Schrödinger
Membro VIP
Membro VIP
Mensagens: 495
Registado: 27 abr 2017, 20:53
Reputação: 11
Brazil

Re: Carnaval 2018

Mensagempor Schrödinger » 11 fev 2018, 22:44

[quote="Homem"]Embora não seja entusiasta do carnaval, acho estranha sua repulsa por certos católicos, que veem tais festividades como coisa demoníaca. Tem cheiro de puritanismo no ar. O carnaval é uma festa genuinamente medieval. A Igreja Católica, longe de suprimi-la, sempre foi tolerante para com o carnaval, chegando o Papa Paulo II (sec.XV) a promover a festa de Carnaval na Via Lata (atual [url=https://pt.wikipedia.org/wiki/Via_del_Corso]Via del Corso[/url]), próxima ao Palazzo Venezia (palácio onde residia o referido Papa) e que permanecia silenciosa e deserta ao longo do ano, realizando ali um carnaval romano com corridas de cavalos, desfiles de carros, batalhas de confetes, bailes mascarados e outras brincadeiras que se perpetuaram através dos séculos.

O principal evento era La Corsa dei Barberi (A Corrida dos Cavalos Berberes). Os cavalos "abalados" eram agrupados logo abaixo do obelisco da Piazza del Popolo (Praça do Povo).

O evento foi abolido após a unificação da Itália, pelo rei Vitor Emmanuel II, em 1874, após a morte de um jovem.


[img]https://i.ebayimg.com/images/g/iyEAAMXQeKNTMGHD/s-l1600.jpg[/img]


http://artutto.altervista.org/carnevale-romano/


A questão não é a origem do Carnaval e sim o que ele se tornou hoje.
O sucesso é ir de fracasso em fracasso sem perder entusiasmo.

Winston Churchill