BUGs: O Fórum foi migrado para um novo servidor. Contudo, ainda apresenta erros de códigos e de algumas funções, como negrito, itálico, quotes, textos sublinhados etc. Mas não se preocupem, será corrigido. ~Commodoro

Ajude na manutenção do Fórum: https://www.paypal.com/cgi-bin/webscr?c ... source=url

Novos usuários podem ter que aguardar a aprovação de um Administrador para fazer o login e começar a postar.

O mito de que a Igreja Católica foi fundada por Constantino

Tópicos de história em geral, religião, discussões sobre espiritualidade, estoicismo e filosofia em geral. Respeito é fundamental.
Avatar do Usuário
Homem
Moderador
Moderador
Mensagens: 1560
Registado: 12 mar 2016, 19:42
Reputação: 16

O mito de que a Igreja Católica foi fundada por Constantino

Mensagempor Homem » 13 mar 2019, 12:50

Eu não acredito que ainda tem protestante fundamentalista que acredita neste mito, em pleno seculo XXI, com tanta acesso a informação e ao conhecimento. Meu irmão afastado e separado isto até poderia enganar no seculo que esta mentira foi inventada, já que vocês não tinham acesso a informação, mas hoje tenha dó, estude de uma forma imparcial, e verá de uma forma simples e muito bem documentado, que bem antes de Constantino vim existir, já tinha passado 32 Papas.

É só dar uma olhada na História da Igreja nos três primeiros séculos. A Igreja tem uma série ininterrupta de 266 Papas: De Pedro até Bento XVI. De Pedro até Constantino foram TRINTA E DOIS PAPAS !!! Então se Constantino fundou alguma Igreja... - De qual igreja foram os 32 papas antes dele ? Se Constantino fundou alguma igreja, onde estão as provas...? - Onde está um só documento histórico comprovando? - Onde está o EDITO DO IMPERADOR Constantino ? que Constantino fez foi dar liberdade de culto aos cristãos, através do Edito de Milão, 313, parando a perseguição por parte da mesma, pois antes desta liberdade muitos dos papas tinha sido mortos e perseguidos assim como os bispos e discípulos desta amada Igreja. Esses tipos de opinião maldosa e intencional não são novidade.... Bem disse São Paulo, que viria o tempo, em que as pessoas desviariam os ouvidos da verdade para aplicá-los às fábulas!

Mais a Igreja de Cristo fundado por São Pedro e São Paulo, não virou soverte estar aí a dois mil anos, atuando interruptamente, de uma forma muito bem notória e documentada. pois assim como em Daniel, 2 , 44. Diz que, No tempo desses reis, o Deus dos céus suscitará um reino que jamais será destruído e cuja soberania jamais passará a outro povo: destruirá e aniquilará todos os outros, enquanto que ele subsistir.

Veja alguns documentos históricos, que prova que você foi engando pelos que lhe deram esta informação. Veja documentos históricos que prova que bem antes de Constantino existir a Igreja Católica já existia, e como o Bispo de Roma o Papa sucessor de Pedro já apascentava o povo de Deus, veja abaixo epenas algumas provas histórica, já que seria demasiadamente longos colocar todas.



No século I, o Bispo de Roma, Clemente, escrevendo aos Coríntios, para chamar à ordem os que injustamente tinham demitido os presbíteros, declara-lhes que serão réus de falta grave se não lhe obedecerem. O procedimento de Clemente de Roma tem maior importância, se considerarmos que nessa época ainda vivia o apóstolo S. João que não deixaria de intervir se o Bispo de Roma estivesse no mesmo plano dos outros bispos.

Clemente Romano (+101), 3º sucessor de S. Pedro, conheceu-o pessoalmente em Roma. É, por isso, autoridade de valor excepcional. Eis o que escreve: "Ponhamos diante dos olhos os bons apóstolos Pedro e Paulo. Pedro que, pelo ódio iníquo, sofreu; e depois do martírio, foi-se para a mansão da glória. A estes santos varões, que ensinavam a santidade, associou-se grande multidão de eleitos, que, supliciados pelo ódio, foram entre nós de ótimo exemplo".

o princípio do sec. II, Santo Inácio escreve aos romanos que a Igreja de Roma preside a todas as demais.
S. Irineu diz ser a Igreja Romana a "máxima" e fundada pelos apóstolos Pedro e Paulo (Heres. 3. 3. 2). Traz mais a lista dos dirigentes da Igreja Romana desde S. Pedro ate o Papa reinante no tempo dele, que era S. Eleuterio. Ao todo eram só doze. Eis a lista de modo ascensional: Eleuterio; Sotero; Aniceto; Pio; Higino; Telesfor; Xisto; Alexandre; Evaristo; Clemente; Anacleto; Lino; Pedro. (veja que S. Irineu deve ter vivido no entre o ano 100 e 200 DC).

S. Jerônimo escrevendo a S. Dâmaso, Papa, diz: "Eu me estreito a Vossa Santidade que equivale a Cátedra de Pedro. E esta a pedra sobre a qual Jesus Cristo fundou a sua Igreja. Seguro em vossa cátedra eu sigo a Jesus Cristo". Fala nisto direta ou indiretamente diversos santos e cristãos dos primeiros séculos, formando a mais universal das tradições, a mais firme convicção histórica. Só para citar alguns: S. Epifanio, Osório Pedro de Alexandria, Dionísio de Corinto, S. João Crisóstomo, Papias, etc.

Note que só estão citados autores do início do cristianismo, para que não fique dúvida acerca da idoneidade dos testemunhos, que poderiam ser objeto de dúvida dos protestantes... É bom revelar que nenhum protestante imparcial teve a ousadia de contestar esses historiadores.



1. Já Santo Inácio de Antioquia, que foi contemporâneo dos Apóstolos, pois nasceu mais ou menos no ano 35 da era cristã e, segundo Eusébio de Cesaréia no seu Chrónicon, foi bispo de Antioquia, entre os anos 70 e 107, já Santo Inácio nos fala abertamente da Igreja Católica, na sua Epístola aos Esmirnenses: “Onde comparecer o Bispo, aí esteja a multidão, do mesmo modo que, onde estiver Jesus Cristo, aí está a IGREJA CATÓLICA” (Epístola aos Esmirnenses c 8, 2).

2. Outro contemporâneo dos Apóstolos foi São Policarpo, bispo de Esmirna, que nasceu no ano 69 e foi discípulo de São João Evangelista. Quando São Policarpo recebeu a palma do martírio, a Igreja de Esmirna escreveu uma carta que é assim endereçada: “A Igreja de Deus que peregrina em Esmirna à Igreja de Deus que peregrina em Filomélio e a todas as paróquias da IGREJA SANTA E CATÓLICA em todo o mundo”. Nessa mesma Epístola se fala de uma oração feita por São Policarpo, na qual ele “fez menção de todos quantos em sua vida tiveram trato com ele, pequenos e grandes, ilustres e humildes, e especialmente de toda a IGREJA CATÓLICA, espalhada por toda a terra” (c. 8).

2º Século d. C.
3. O Fragmento Muratoriano que é uma lista feita no segundo século, dos livros do Cânon do Novo Testamento fala em livros apócrifos que “não podem ser recebidos na IGREJA CATÓLICA”.

4. São Clemente de Alexandria (também do século segundo) responde à objeção dos infiéis que perguntam: “como se pode crer, se há tanta divergência de heresias, e assim a própria verdade nos distrai e fatiga, pois outros estabelecem outros dogmas?” Depois de mostrar vários sinais pelos quais se distingue das heresias a verdadeira Igreja, assim conclui São Clemente: “Não só pela essência, mas também pela opinião, pelo princípio pela excelência, só há uma Igreja antiga e é a IGREJA CATÓLICA. Das heresias, umas se chamam pelo nome de um homem, como as que são chamadas por Valentino, Marcião e Basílides; outras, pelo lugar donde vieram, como os Peráticos; outras do povo, como a heresia dos Frígios; outras, de alguma operação, como os Encratistas; outras, de seus próprios ensino, como os Docetas e Hematistas“. (Stromata 1.7. c. 15).

3º Século d.C em diante.
5. São Cipriano em 249, antes de Constantino nascer, e antes do Concílio de Nicéia, testemunhava: “Estar em comunhão com o Papa é estar em comunhão com a Igreja Católica.” (Epist. 55, n.1, Hartel, 614);
“E não há para os fiéis outra casa senão a Igreja Católica.” (Sobre a unidade da Igreja, cap. 4);
“Roma é a matriz e o trono da Igreja Católica.” (Epist. 48, n.3, Hartel, 607).

6. No século III, Firmiliano, bispo de Capadócia, diz assim: “Há uma só esposa de Cristo que é a IGREJA CATÓLICA” (Ep. De Firmiliano nº 14).

7. São Frutuoso, martirizado no ano 259, diz: “é necessário que eu tenha em mente a IGREJA CATÓLICA, difundida desde o Oriente até o Ocidente”. (Ruinart. Acta martyrum pág 192 nº 3).

TODAS essas citações são antes do nascimento de Constantino (272 – 22 de Maio de 337)

Agora para colocar um basta nesta enganação diabólica, diabólica sim, pois só sendo coisa dele propagar a mentira para aqueles que acolhem, pois alem de serem enganados, propagam enganando a outros, sendo servos do diabo nos planos contra a Igreja de nosso senhor, não é novidade já que o diabo tem costume de fazer o mau travestido do bem, e quando Deus pela graça muda a consequência do mau para o bem, o Diabo tenta fazer com que o menor números de pessoas saibam, mas Deus sabe tirar proveito de algo ruim para o bem, pois Deus tira o bem de todos os males. Poi é protestante, o próprio mau e as ações do diabo contra a Igreja Católica serve hoje como prova dela ser a Igreja de Cristo e que vem desde os tempos apostólicos. Assim os próprios martírios dos Papas, dos bispos e discípulos Católicos, mortos pelos imperadores romanos antes de Constantino, serve como prova e desmenti o engano que tu recebeste.Veja abaixo a lista dos papa antes de Constantino e que foram mortos pelos imperadores antecessores.

VEJA QUE ENTRE OS SANTOS E TESTEMUNHAS DE JESUS QUE TIVERAM SEU SANGUE DERRAMADO, ESTAVAM OS PAPAS QUE ERAM MORTOS PELOS IMPERADORES, QUANDO ROMA NÃO ERA AINDA CRISTÃ



Século I

1º Papa – S. Pedro – bispo de Roma no período de 37 a 67 morto por Nero – imperador no período de 41 a 68
2º Papa – S. Lino – de 69 a 79 morto por Vespasiano – de 69 a 79
3º Papa – S. Cleto – de 79 a 92 morto por Domiciano – de 81 a 96

Século II

4º Papa – S. Celemente – de 92 a 101 morto por Trajano – de 98 a 117
5º Papa – St. Evaristo – de 101 a 107 morto por Trajano
6º Papa – St. Alexandro – de 107 a 116 morto por Trajano
7º Papa – S. Xisto – de 116 a 125 morto por Adriano – de 117 a 138
8º Papa – S. Telésforo – de 125 a 138 morto por Adriano
9º Papa – St. Higino – de 138 a 142 morto por Antonino – de 138 a 161
10º Papa – S. Pio I – de 142 a 155 morto por Antonino
11º Papa – St. Aniceto – de 155 a 166 morto por M. Aurélio de – 161 a 180
12º Papa – S. Sotero – de 166 a 174 morto pro M. Aurélio
13º Papa – St. Eleotério – de 174 a 189 morto por Comodo de 180 a 193
14º Papa – S.Vitor I – de 189 a 199 morto por S. Severo – de 193 a 211

Século III

15º Papa – S. Zeferino – de 199 a 217 morto por Caracala – de 211 a 217
16º Papa – S. Calixto I – de 217 a 222 morto por Heliogabalo de 218 a 222
17º Papa – St.Urbano I – de 222 a 230 morto por A. Severo de 222 a 235
18º Papa – S. Ponciano – de 230 a 235 morto por Alexandre Severo
19º Papa – St. Antero – de 235 a 236 morto por Maximino de 235 a 238
20º Papa – S. Fabiano de 236 a 250 morto por Décio de 249 a 251
21º Papa – S. Cornélio – de 251 a 253 morto por Treboniano – de 251 a 253
22º Papa – S. Lúcio – de 253 a 254 morto por Valeriano – de 253 a 260
23º Papa – St. Estêvão – de 254 a 257 morto por Valeriano
24º Papa – S. Xisto II – de 257 a 258 – Morto por Valeriano
25º Papa – S. Dionísio – de 259 a 268 – Não sofreu o martírio
26º Papa – S. Félix – de 269 a 274 – morto por Aureliano – de 270 a 275
27º Papa – S. Eutiquiano – de 275 a 283 – não sofreu o martírio
28º Papa – S. Caio – de 283 a 293 – Não sofreu o martírio
Século IV

29º Papa – S. Marcelino – de 296 a 304 – Não sofreu o martírio
30º Papa – S. Marcelo I – de 308 a 309 – morto por Constâncio de 305 a 311
31º Papa – St. Euzébio – de 309 a 310 – desterrado por Maxêncio
32º Papa – S. Melquíades – de 311 a 314 – Este não foi morto – Já reinava Constantino I, o Grande – O primeiro imperador cristão.Logo, “os Santos e Testemunhas de Jesus” de que fala a bíblia eram principalmente os Papas, líderes dos cristãos.

Isso elimina definitivamente a calúnia protestante, que malandramente coloca os Papas como “matadores”. ora aonde estava sua Igreja enquanto a unica Igreja que existia que é a Católica era perseguida, a onde sua Igreja estava, quando os papas e bispos, discípulos Católicos eram mortos por darem testemunho de Jesus, a questão é não estavam porque não existiam, todas as seitas vieram a existir depois que sairão do meio dos nossos, sua rebelião protestante veio existir a partir de 1500, a sua Igreja foi fundada por algum pastor protestante, não tem mais do que 100 anos, As Assembleias, não estavam lá, e não foram fundadas pelos apóstolos, consecutivamente não foram enviadas, vieram a existir simultaneamente nos Estados Unidos (1914) na segunda década do Século XX.

http://oficiocatolico.blogspot.com/2014 ... ntino.html
“A paz de Nosso Senhor só se conquista na guerra.” - Santa Joana D'Arc
Avatar do Usuário
DeathLord
Cabo
Cabo
Mensagens: 165
Registado: 06 nov 2017, 21:26
Reputação: 10
Great Britain

Re: O mito de que a Igreja Católica foi fundada por Constantino

Mensagempor DeathLord » 13 mar 2019, 19:57

Quem diz uma asneira dessas nunca deve ter pego um livro verde (patrística) pra ler ou rasga a bíblia ao meio, a Bíblia mesmo é cheia de livros que JÁ CONFIGURAM A IGREJA (romanos, corintios, atos, tessalonicenses e etc..) é uma verdadeira desonestidade intelectual.

Fico impressionado com a pachorra de quem tenta desvincular os apóstolos à igreja primitiva (igreja católica).
"Eu vim à este mundo chutando e coberto de sangue de outra pessoa, não vejo problema em sair deste mundo da mesma maneira."

Antiga frase de batalha viking

"Cicatrizes são marcas da coragem, são verdadeiras medalhas da coragem! Como é que você, que não conhece a dor, pode ter orgulho da sua vitória?!"

Seiya de Pegasus

"A vida é um grande jogo de interesses, que quem perde tem o cú comido em rodízio"

Meu avô

“Confortare et esto vir”, “Sê corajoso, porta-te como homem.”

Rei Davi(1Rs 2,2)
Avatar do Usuário
Kenshin Himura
Veterano
Veterano
Mensagens: 669
Registado: 16 mar 2016, 14:17
Reputação: 4
Brazil

Re: O mito de que a Igreja Católica foi fundada por Constantino

Mensagempor Kenshin Himura » 14 mar 2019, 09:54

Muito interessante essa cronologia dos papas.
A perseguição contra os católicos era voraz. Durante dois seculos, todos os papas foram executados. Muito triste e ao mesmo tempo, bonito de ver a persistência com que levaram a fé católica em seu principio.
Morrer é fácil, viver é que exige coragem real
Avatar do Usuário
Commodoro
Patrãozinho
Patrãozinho
Mensagens: 964
Registado: 11 mar 2016, 01:47
Reputação: 37
Italy

Re: O mito de que a Igreja Católica foi fundada por Constantino

Mensagempor Commodoro » 14 mar 2019, 12:10

Basta que se leia os autores patrísticos.

Na minha pasta do MEGA há todos os livros da Patrística: https://mega.nz/#F!RLBxAI4T!BlNDJvDSWI7EBNm5U8cLAQ

Ano passado eu iniciei minhas pesquisas sobre o cristianismo antigo. Devo publicar o livro em alguns anos, é uma obra teológica e histórica.

No aguardo.
Combati o bom combate, completei a corrida, guardei a fé! (2 Timóteo 4:7)

Cristo vence, Cristo reina, Cristo impera. ✠

Homens não são reféns das mulheres, mas reféns da própria libido.

Homem cafajeste merece mulher rodada. Ambos se completam.

Casamento nos moldes modernos é uma roleta russa, mas com todas as balas carregadas.

(Reflexão) Lute contra uma vida vazia: viewtopic.php?f=18&t=1653
(Reflexão) Dê graças a Deus por ter nascido Homem!: viewtopic.php?f=18&t=1392
A Matrix da promiscuidade: viewtopic.php?f=2&t=1745
O corno, a família, o conservadorismo ou "A Vida como ela É": viewtopic.php?f=2&t=1560
O ateu conservador ou "O Que é Conservadorismo"?: viewtopic.php?f=14&t=1499
Lumpemproletariado, violência e desarmamento civil em prol da Revolução: viewtopic.php?f=14&t=1969

http://i.imgur.com/m3A2zY0.png

✠ † ☨ ✞ ☩ ✙ ☧ ✚ ✟ ♰
Avatar do Usuário
Expoure
Major
Major
Mensagens: 503
Registado: 20 mai 2017, 21:19
Reputação: 9
Brazil

Re: O mito de que a Igreja Católica foi fundada por Constantino

Mensagempor Expoure » 10 abr 2019, 13:49

Entro depois de uns 5 meses aqui e encontro esse tópico que é de deixar o pav dvro! Salve Maria!
“Aprendi na estrada que o mais difícil não é seguir em frente, e sim, não olhar para trás.”

"Se você parar de ver o mundo em termos do que você gosta ou desgosta e começar a ver as coisas pelo o que elas realmente são, vai encontrar um ideal de paz muito maior na sua vida"
Patrick Jane (The mentalist)

Voltar para “História, Religião e Filosofia”

Quem está logado:

Usuários neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante