Se registrou agora? é obrigatório se apresentar neste tópico em menos de 24 horas, sob pena de exclusão: [Novatos] Apresente-se aqui.

OBS.: Para participar do Chat, ver perfis e acessar o sub-fórum Relatos & Relacionamentos você precisa se cadastrar no Fórum. Os tópicos dessa seção não aparecem no box de mensagens recentes abaixo.

Caso sua conta não tenha sido aprovada imediatamente, aguarde o prazo de 2 (dois) dias úteis para ter seu cadastro efetivado por um Administrador.

Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Discussões relacionadas a política, economia, conservadorismo, libertarianismo, marxismo cultural e temas relacionados
Avatar do Usuário
Brabham
Veterano
Veterano
Mensagens: 352
Registado: 12 mar 2016, 19:25
Reputação: 1

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Brabham » 04 jun 2016, 22:34

Thanatos Escreveu:
Brabham Escreveu:
Homem Escreveu:
Brabham Escreveu:
Homem Escreveu:A discussão está se desviando do assunto do tópico. Não há nenhum país anarcocapitalista hj, mas existem países mais livres, com impostos mais baixos, sistema de governo mais descentralizado, com mais liberdade econômica e liberdade em outras questões (como porte de armas livre, alistamento militar voluntário, prostituição liberada, etc.) e são os países mais desenvolvidos....

Com isto, eu concordo. Os benefícios de um Estado mínimo são irrefutáveis.
Apenas discordo de excessos como a liberação da prostituição. :joinha:

Então vc acha a prostituição ser liberada? Prefere então que as civis tenham o monopólio do mercado sexual?

Vc nem parece da Real.

Concordo que a prostituição não deve ser estimulada, mas defender controle não é coisa de realista, pelo contrário, as feminazis que defendem a proibição de prostituição (como na Suécia, onde os clientes são criminalizados)....

A Real não está acima dos meus princípios e o mercado sexual existe antes mesmo de você cogitar a legalização da mesma.
Você só fala besteira, confrade. Deixe de ser boçal e hipócrita. Se eu não sou da Real, então você não é Cristão por estar apoiando isso.


São Tomás Escreveu:Embora a lei humana seja fundada na lei natural, elas não são idênticas. Nem é a lei humana uma aplicação da lei divina na vida cotidiana, visto que o propósito da lei humana é a tranqüilidade temporal do Estado, enquanto que o fim da lei divina é a felicidade eterna. [51]

Com exceção do fato que suplantaria a necessidade da lei eterna, por que a lei civil não pode ser decretada para proibir todas as atividades viciosas? O objetivo da lei humana é a tranqüilidade temporal do Estado e não a eterna salvação. Dado esse objetivo da paz temporal e ordem, São Tomás registra que o comando da lei humana é proibir "o que destrua o intercâmbio social" e não "proibir tudo que seja contrário à virtude." [57] A principal razão pela incapacidade da lei civil proibir todos os vícios é que não pode efetuar uma reforma interna completa em um indivíduo. Um indivíduo em sua vida moral pessoal é ferido pelo pecado original e somente pode ser restaurado pela graça de Deus. Portanto, o poder coercitivo e educador da lei humana é ineficaz em seu reino. São Tomás afirma, então, que a lei humana não pode "exigir perfeita virtude do homem, porque tal virtude pertence a poucos e não pode ser encontrada em um tal grande número de pessoas conforme a lei humana deve se dirigir." [58]

Fonte : http://conhecendoams.blogspot.com/2013/ ... ca-da.html


São Tomás Escreveu:Aqueles que estão na autoridade toleram corretamente certos males, a fim de que certos bens não sejam perdidos, ou que certos males não sejam incorridos: assim diz Agostinho. Se você abole prostitutas, o mundo será convulsionado com luxúria". A afirmação é de Santo Tomaz de Aquino (1225-1274)

Para o polemista católico, Roberto Cavalcanti, historicamente, prostituição foi tolerada como um mal necessário por toda a Idade Média ao longo de descrições similares à posição de São Tomás. Alguns mesmo pensavam que a disponibilidade da prostituição protegia a integridade das famílias.

Fonte : http://sobrearte-marcuspeixoto.blogspot ... xuria.html

E ai, São Tomás não era cristão também? rsrsrs

Qual parte dos meus princípios vocês não compreenderam?
Não sou obrigado a seguir o que vocês querem somente pra obter aprovação.
“O preço da liberdade é a vigilância eterna”. — Thomas Jefferson
Avatar do Usuário
Homem
Moderador
Moderador
Mensagens: 1345
Registado: 12 mar 2016, 19:42
Reputação: 11

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Homem » 04 jun 2016, 23:30

Thanatos Escreveu:
Homem Escreveu:
Brabham Escreveu:
Homem Escreveu:A discussão está se desviando do assunto do tópico. Não há nenhum país anarcocapitalista hj, mas existem países mais livres, com impostos mais baixos, sistema de governo mais descentralizado, com mais liberdade econômica e liberdade em outras questões (como porte de armas livre, alistamento militar voluntário, prostituição liberada, etc.) e são os países mais desenvolvidos....

Com isto, eu concordo. Os benefícios de um Estado mínimo são irrefutáveis.
Apenas discordo de excessos como a liberação da prostituição. :joinha:

Então vc acha a prostituição ser liberada? Prefere então que as civis tenham o monopólio do mercado sexual?

Vc nem parece da Real.

Concordo que a prostituição não deve ser estimulada, mas defender controle não é coisa de realista, pelo contrário, as feminazis que defendem a proibição de prostituição (como na Suécia, onde os clientes são criminalizados)....


Na Suécia, tem feminazi querendo punir o cara que pega uam puta fora da suécia, tipo o cara viaja pra Amsterdam, pega uma garota lá e se descobrirem, ele é preso. Só pras civis terem monopólio do sexo...

Se não me engano, na Noruega já é assim.
"Acabou o dinheiro, o carro, acabou os amigos e as mulheres" (Predador)
Avatar do Usuário
Thanatos
Tenente
Tenente
Mensagens: 363
Registado: 11 mar 2016, 12:55
Reputação: 0
Brazil

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Thanatos » 04 jun 2016, 23:55

Homem Escreveu:
Thanatos Escreveu:
Homem Escreveu:
Brabham Escreveu:
Homem Escreveu:A discussão está se desviando do assunto do tópico. Não há nenhum país anarcocapitalista hj, mas existem países mais livres, com impostos mais baixos, sistema de governo mais descentralizado, com mais liberdade econômica e liberdade em outras questões (como porte de armas livre, alistamento militar voluntário, prostituição liberada, etc.) e são os países mais desenvolvidos....

Com isto, eu concordo. Os benefícios de um Estado mínimo são irrefutáveis.
Apenas discordo de excessos como a liberação da prostituição. :joinha:

Então vc acha a prostituição ser liberada? Prefere então que as civis tenham o monopólio do mercado sexual?

Vc nem parece da Real.

Concordo que a prostituição não deve ser estimulada, mas defender controle não é coisa de realista, pelo contrário, as feminazis que defendem a proibição de prostituição (como na Suécia, onde os clientes são criminalizados)....


Na Suécia, tem feminazi querendo punir o cara que pega uam puta fora da suécia, tipo o cara viaja pra Amsterdam, pega uma garota lá e se descobrirem, ele é preso. Só pras civis terem monopólio do sexo...

Se não me engano, na Noruega já é assim.


Dei uma olhada e...

Imagem
https://en.wikipedia.org/wiki/Prostitution_in_Norway

Ou seja, pro Norueguês pegar legalmente uma garota de programa, ele tem que ir para outro país, residir lá até ter a nacionalidade de lá, abandonar a nacionalidade norueguesa e só então ele poderá pegar uma garota...
Avatar do Usuário
Brabham
Veterano
Veterano
Mensagens: 352
Registado: 12 mar 2016, 19:25
Reputação: 1

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Brabham » 06 jun 2016, 13:29

Sinceramente, os argumentos dos senhores se desgarraram completamente do propósito inicial do tópico. Não é possível manter um debate construtivo com pessoas que estão condicionadas a trilhar o caminho da ignorância. Os senhores parecem que, por possuírem uma enorme preguiça de pensar ou refletir, buscam sempre as soluções mais desguarnecidas de bom senso e critério possíveis.

Não bastasse isto, ainda chegam ao extremo de cometer desonestidade intelectual, fazer uso de falácias e ofensas pessoais. A materialização mais perfeita deste ser no tópico é o confrade Homem, pois mesmo deixando a desejar em sua retórica, ele compensa isso com seu exímio talento para arquitetar jogos desonestos dentro de um debate. Pôr em cheque minha condição de realista com falácias, confrade? Que papelão, viu. Confesso que não poderia esperar outra coisa do senhor, uma vez que noutras ocasiões o senhor reproduziu esse mesmo comportamento repulsivo.

Acredito que a legalização da prostituição é um excesso, não porque desejo que as civis possuam o “monopólio do mercado sexual”, mas sim porque acredito que isso fere princípios objetivos. Vale a pena ressaltar que o fato da minha pessoa ser contra a legalização da prostituição não implica intrinsecamente que eu seja a favor da extinção absoluta da mesma para aqueles que fazem uso desse meio para obter sexo.

A legalização da prostituição não é uma norma padrão para desinflacionar o valor das civis. A norma padrão é, através da guerra ideológica, destroçar as imundícies promovidas pelas Feministas e a cultura do manginismo que se instalou no mundo, pois foi isso que supervalorizou as civis e deu autonomia para que as Feministas criminalizassem os homens que recorrem a outras alternativas sexuais que não incluam elas. Esta diretriz, sim, não fere meus princípios. E se possuir afeição por isso não é fazer parte da Real, então nada mais é.

O texto que o confrade Thanatos postou no tópico anteriormente, corrobora, mais uma vez, com as minhas objeções comportamentais acerca dos senhores. São Tomás de Aquino afirma que a prostituição é um mal necessário, entretanto, em momento algum ele afirma que a legalização da mesma é algo viável. Os senhores é que, com suas ilogicidades baseadas em princípios econômicos, querem usar isso para substanciar uma suposta legalização da prostituição. Ademais, a prostituição não deixa de ser um ato repulsivo sob a ótica Cristã.
“O preço da liberdade é a vigilância eterna”. — Thomas Jefferson
Avatar do Usuário
Homem
Moderador
Moderador
Mensagens: 1345
Registado: 12 mar 2016, 19:42
Reputação: 11

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Homem » 06 jun 2016, 14:28

Brabham Escreveu:Sinceramente, os argumentos dos senhores se desgarraram completamente do propósito inicial do tópico. Não é possível manter um debate construtivo com pessoas que estão condicionadas a trilhar o caminho da ignorância. Os senhores parecem que, por possuírem uma enorme preguiça de pensar ou refletir, buscam sempre as soluções mais desguarnecidas de bom senso e critério possíveis.

Não bastasse isto, ainda chegam ao extremo de cometer desonestidade intelectual, fazer uso de falácias e ofensas pessoais. A materialização mais perfeita deste ser no tópico é o confrade Homem, pois mesmo deixando a desejar em sua retórica, ele compensa isso com seu exímio talento para arquitetar jogos desonestos dentro de um debate. Pôr em cheque minha condição de realista com falácias, confrade? Que papelão, viu. Confesso que não poderia esperar outra coisa do senhor, uma vez que noutras ocasiões o senhor reproduziu esse mesmo comportamento repulsivo.

Quem está se desviando do propósito original do tópico são vcs. Pra começar, ninguém falou em anarcocapitalismo aqui, foi vc. E não ofendí ninguém. Estou até tendo é muita paciência com vc.
Brabham Escreveu:Acredito que a legalização da prostituição é um excesso, não porque desejo que as civis possuam o “monopólio do mercado sexual”, mas sim porque acredito que isso fere princípios objetivos. Vale a pena ressaltar que o fato da minha pessoa ser contra a legalização da prostituição não implica intrinsecamente que eu seja a favor da extinção absoluta da mesma para aqueles que fazem uso desse meio para obter sexo.

Imagem Não é um princípio objetivo, é um principio subjetivo. É SEU princípio.

E uma pergunta que vc deveria responder para sustentar este seu princípio é: onde está o "excesso" em eu ir ao puteiro e pagar pelos serviços de uma GP? Onde há "excesso" nisso? Vc quer que isso seja criminalizado (ou restringido pelo Estado)?
Brabham Escreveu:A legalização da prostituição não é uma norma padrão para desinflacionar o valor das civis. A norma padrão é, através da guerra ideológica, destroçar as imundícies promovidas pelas Feministas e a cultura do manginismo que se instalou no mundo, pois foi isso que supervalorizou as civis e deu autonomia para que as Feministas criminalizassem os homens que recorrem a outras alternativas sexuais que não incluam elas. Esta diretriz, sim, não fere meus princípios. E se possuir afeição por isso não é fazer parte da Real, então nada mais é.

E uma dessas imundícies promovidas pelas feminazis é a criminalização da prostituição (ou do cliente ou da GP)....
Brabham Escreveu:O texto que o confrade Thanatos postou no tópico anteriormente, corrobora, mais uma vez, com as minhas objeções comportamentais acerca dos senhores. São Tomás de Aquino afirma que a prostituição é um mal necessário, entretanto, em momento algum ele afirma que a legalização da mesma é algo viável. Os senhores é que, com suas ilogicidades baseadas em princípios econômicos, querem usar isso para substanciar uma suposta legalização da prostituição. Ademais, a prostituição não deixa de ser um ato repulsivo sob a ótica Cristã.

Primeiramente, nós não defendemos a "legalização". Defendemos a DESCRIMINALIZAÇÃO, o que é diferente.

Segundo, o que São Tomás disse com todas as letras que é inviável a criminalização da prostituição, embora isso seja imoral. São Tomás disse que nem todo pecado, nem tudo que é imoral, é crime.
"Acabou o dinheiro, o carro, acabou os amigos e as mulheres" (Predador)
Avatar do Usuário
Brabham
Veterano
Veterano
Mensagens: 352
Registado: 12 mar 2016, 19:25
Reputação: 1

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Brabham » 06 jun 2016, 17:01

Homem Escreveu:
Brabham Escreveu:Sinceramente, os argumentos dos senhores se desgarraram completamente do propósito inicial do tópico. Não é possível manter um debate construtivo com pessoas que estão condicionadas a trilhar o caminho da ignorância. Os senhores parecem que, por possuírem uma enorme preguiça de pensar ou refletir, buscam sempre as soluções mais desguarnecidas de bom senso e critério possíveis.

Não bastasse isto, ainda chegam ao extremo de cometer desonestidade intelectual, fazer uso de falácias e ofensas pessoais. A materialização mais perfeita deste ser no tópico é o confrade Homem, pois mesmo deixando a desejar em sua retórica, ele compensa isso com seu exímio talento para arquitetar jogos desonestos dentro de um debate. Pôr em cheque minha condição de realista com falácias, confrade? Que papelão, viu. Confesso que não poderia esperar outra coisa do senhor, uma vez que noutras ocasiões o senhor reproduziu esse mesmo comportamento repulsivo.

Quem está se desviando do propósito original do tópico são vcs. Pra começar, ninguém falou em anarcocapitalismo aqui, foi vc. E não ofendí ninguém. Estou até tendo é muita paciência com vc.
Brabham Escreveu:Acredito que a legalização da prostituição é um excesso, não porque desejo que as civis possuam o “monopólio do mercado sexual”, mas sim porque acredito que isso fere princípios objetivos. Vale a pena ressaltar que o fato da minha pessoa ser contra a legalização da prostituição não implica intrinsecamente que eu seja a favor da extinção absoluta da mesma para aqueles que fazem uso desse meio para obter sexo.

Imagem Não é um princípio objetivo, é um principio subjetivo. É SEU princípio.

E uma pergunta que vc deveria responder para sustentar este seu princípio é: onde está o "excesso" em eu ir ao puteiro e pagar pelos serviços de uma GP? Onde há "excesso" nisso? Vc quer que isso seja criminalizado (ou restringido pelo Estado)?
Brabham Escreveu:A legalização da prostituição não é uma norma padrão para desinflacionar o valor das civis. A norma padrão é, através da guerra ideológica, destroçar as imundícies promovidas pelas Feministas e a cultura do manginismo que se instalou no mundo, pois foi isso que supervalorizou as civis e deu autonomia para que as Feministas criminalizassem os homens que recorrem a outras alternativas sexuais que não incluam elas. Esta diretriz, sim, não fere meus princípios. E se possuir afeição por isso não é fazer parte da Real, então nada mais é.

E uma dessas imundícies promovidas pelas feminazis é a criminalização da prostituição (ou do cliente ou da GP)....
Brabham Escreveu:O texto que o confrade Thanatos postou no tópico anteriormente, corrobora, mais uma vez, com as minhas objeções comportamentais acerca dos senhores. São Tomás de Aquino afirma que a prostituição é um mal necessário, entretanto, em momento algum ele afirma que a legalização da mesma é algo viável. Os senhores é que, com suas ilogicidades baseadas em princípios econômicos, querem usar isso para substanciar uma suposta legalização da prostituição. Ademais, a prostituição não deixa de ser um ato repulsivo sob a ótica Cristã.

Primeiramente, nós não defendemos a "legalização". Defendemos a DESCRIMINALIZAÇÃO, o que é diferente.

Segundo, o que São Tomás disse com todas as letras que é inviável a criminalização da prostituição, embora isso seja imoral. São Tomás disse que nem todo pecado, nem tudo que é imoral, é crime.

Primeiramente, quem trouxe a tona o assunto do Anarcocapitalismo não foi a minha pessoa, o que eu fiz foi expor o comportamento de alguns Liberais e a partir daí citaram o Anarcocapitalismo. Queria que eu fizesse o quê? Matasse o confrade? Uma afirmação destas só denota o seu desconhecimento acerca do que está acontecendo em seu próprio tópico. Você está sendo paciente comigo? Quem está bancando o ignorante aqui é você, nobre confrade.

Em minha última postagem expliquei pela milésima vez, mas você insiste em não compreender, então não seja desonesto a tal ponto de afirmar que está sendo paciente, pois em momento algum fiz o senhor reiterar algo. Você afirma que a aversão pela prostituição é oriunda de um princípio subjetivo meu, mas em momento algum expõe sequer um aval de cunho objetivo que refute o que estou dizendo e corrobore com sua ideia de que a prostituição não é um comportamento repulsivo sob a ótica Cristã.

Concordo com sua interpretação acerca das afirmações de São Tomás de Aquino, pois em grande parte, ela corrobora com aquilo que estou expondo desde o início. Em seu próprio argumento você afirma, de forma completamente explícita, que a prostituição é um pecado imoral. Oras, se a prostituição é um pecado imoral, então como afirma que o meu posicionamento é oriundo de um princípio subjetivo MEU? O pecado e a imoralidade é um componente da moral objetiva.

O único posicionamento subjetivo em meus argumentos é o fato de que EU não faço uso deste artifício para obter sexo, o que não significa que eu possuo o desejo de impor algo ou cercear o livre-arbítrio dos senhores. Sou contra a LEGALIZAÇÃO, o que também não significa que sou complacente com a criminalização de quem faz uso, compreendeu? Quanto a erradicação da prostituição, podem ficar tranquilos. Isto nunca terá um fim, com ou sem legalização.
“O preço da liberdade é a vigilância eterna”. — Thomas Jefferson
Avatar do Usuário
Homem
Moderador
Moderador
Mensagens: 1345
Registado: 12 mar 2016, 19:42
Reputação: 11

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Homem » 06 jun 2016, 22:50

Brabham Escreveu:Primeiramente, quem trouxe a tona o assunto do Anarcocapitalismo não foi a minha pessoa, o que eu fiz foi expor o comportamento de alguns Liberais e a partir daí citaram o Anarcocapitalismo. Queria que eu fizesse o quê? Matasse o confrade? Uma afirmação destas só denota o seu desconhecimento acerca do que está acontecendo em seu próprio tópico. Você está sendo paciente comigo? Quem está bancando o ignorante aqui é você, nobre confrade.

O que está contribuindo para desviar o assunto do tópico do seu proposito original. O tópico é sobre: o Judiciário brasileiro é caro e ineficiente e deram aumento pros funças. Depois começara, a falar sobre anarcocapitalismo, e agora virou discussão sobre liberação da prostituição.

E em nenhum momento eu lhe ofendí. Estou sendo muito paciente com vc sim.
Brabham Escreveu:Em minha última postagem expliquei pela milésima vez, mas você insiste em não compreender, então não seja desonesto a tal ponto de afirmar que está sendo paciente, pois em momento algum fiz o senhor reiterar algo. Você afirma que a aversão pela prostituição é oriunda de um princípio subjetivo meu, mas em momento algum expõe sequer um aval de cunho objetivo que refute o que estou dizendo e corrobore com sua ideia de que a prostituição não é um comportamento repulsivo sob a ótica Cristã.

Eu não disse que a prostituição não é um comportamento repulsivo sob a óptica cristã. O que eu digo é que a prostituição não é crime, não deve ser controlada e que não é nenhum excesso liberar....
Brabham Escreveu:Concordo com sua interpretação acerca das afirmações de São Tomás de Aquino, pois em grande parte, ela corrobora com aquilo que estou expondo desde o início. Em seu próprio argumento você afirma, de forma completamente explícita, que a prostituição é um pecado imoral. Oras, se a prostituição é um pecado imoral, então como afirma que o meu posicionamento é oriundo de um princípio subjetivo MEU? O pecado e a imoralidade é um componente da moral objetiva.

Se vc concorda com a minha interpretação acerca das afirmações de São Tomás, então vc concorda que a prostituição é imoral mas não é crime. Não deve controlada pelo estado. Eu falo sobre liberar a prostituição e vc vem dizer "ain, mais é um excesso liberar a prostituição". Vc quer o que então, porra? Que o estado controle? Se vc considera um "excesso" é porque defende algum controle/restrição/regulação (e é tão bosta que não tem nem coragem de defender isso abertamente).
Brabham Escreveu:O único posicionamento subjetivo em meus argumentos é o fato de que EU não faço uso deste artifício para obter sexo, o que não significa que eu possuo o desejo de impor algo ou cercear o livre-arbítrio dos senhores. Sou contra a LEGALIZAÇÃO, o que também não significa que sou complacente com a criminalização de quem faz uso, compreendeu? Quanto a erradicação da prostituição, podem ficar tranquilos. Isto nunca terá um fim, com ou sem legalização.

Não. O que é subjetivo é achar que liberar a prostituição é um "excesso". Isso é subjetivo de sua parte, mas não cabe ao Estado proibir/restringir/regular.....

Eu tb sou contra a legalização, o que eu defendo é a DESCRIMINALIZAÇÃO.... Mas acho melhor a legalização do que a criminalização....
"Acabou o dinheiro, o carro, acabou os amigos e as mulheres" (Predador)
Avatar do Usuário
Brabham
Veterano
Veterano
Mensagens: 352
Registado: 12 mar 2016, 19:25
Reputação: 1

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Brabham » 10 jun 2016, 16:42

Homem Escreveu:
Brabham Escreveu:Primeiramente, quem trouxe a tona o assunto do Anarcocapitalismo não foi a minha pessoa, o que eu fiz foi expor o comportamento de alguns Liberais e a partir daí citaram o Anarcocapitalismo. Queria que eu fizesse o quê? Matasse o confrade? Uma afirmação destas só denota o seu desconhecimento acerca do que está acontecendo em seu próprio tópico. Você está sendo paciente comigo? Quem está bancando o ignorante aqui é você, nobre confrade.

O que está contribuindo para desviar o assunto do tópico do seu proposito original. O tópico é sobre: o Judiciário brasileiro é caro e ineficiente e deram aumento pros funças. Depois começara, a falar sobre anarcocapitalismo, e agora virou discussão sobre liberação da prostituição.

E em nenhum momento eu lhe ofendí. Estou sendo muito paciente com vc sim.
Brabham Escreveu:Em minha última postagem expliquei pela milésima vez, mas você insiste em não compreender, então não seja desonesto a tal ponto de afirmar que está sendo paciente, pois em momento algum fiz o senhor reiterar algo. Você afirma que a aversão pela prostituição é oriunda de um princípio subjetivo meu, mas em momento algum expõe sequer um aval de cunho objetivo que refute o que estou dizendo e corrobore com sua ideia de que a prostituição não é um comportamento repulsivo sob a ótica Cristã.

Eu não disse que a prostituição não é um comportamento repulsivo sob a óptica cristã. O que eu digo é que a prostituição não é crime, não deve ser controlada e que não é nenhum excesso liberar....
Brabham Escreveu:Concordo com sua interpretação acerca das afirmações de São Tomás de Aquino, pois em grande parte, ela corrobora com aquilo que estou expondo desde o início. Em seu próprio argumento você afirma, de forma completamente explícita, que a prostituição é um pecado imoral. Oras, se a prostituição é um pecado imoral, então como afirma que o meu posicionamento é oriundo de um princípio subjetivo MEU? O pecado e a imoralidade é um componente da moral objetiva.

Se vc concorda com a minha interpretação acerca das afirmações de São Tomás, então vc concorda que a prostituição é imoral mas não é crime. Não deve controlada pelo estado. Eu falo sobre liberar a prostituição e vc vem dizer "ain, mais é um excesso liberar a prostituição". Vc quer o que então, porra? Que o estado controle? Se vc considera um "excesso" é porque defende algum controle/restrição/regulação (e é tão bosta que não tem nem coragem de defender isso abertamente).
Brabham Escreveu:O único posicionamento subjetivo em meus argumentos é o fato de que EU não faço uso deste artifício para obter sexo, o que não significa que eu possuo o desejo de impor algo ou cercear o livre-arbítrio dos senhores. Sou contra a LEGALIZAÇÃO, o que também não significa que sou complacente com a criminalização de quem faz uso, compreendeu? Quanto a erradicação da prostituição, podem ficar tranquilos. Isto nunca terá um fim, com ou sem legalização.

Não. O que é subjetivo é achar que liberar a prostituição é um "excesso". Isso é subjetivo de sua parte, mas não cabe ao Estado proibir/restringir/regular.....

Eu tb sou contra a legalização, o que eu defendo é a DESCRIMINALIZAÇÃO.... Mas acho melhor a legalização do que a criminalização....

Você afirma que em momento algum me ofendeu, mas posteriormente, no mesmo comentário, me xinga com palavras de baixo calão. Isto sem contar as demais ofensas veladas que você semeou pelo tópico através das suas falácias. Poderia caçar cada uma delas e postar novamente, mas não possuo tempo para isso, tampouco vontade de lhe humilhar mais do que você mesmo se humilhou no tópico.

Estou curioso para saber em que momento eu afirmei que as pessoas que fazem uso da prostituição para obter sexo devam ser criminalizadas. O que eu estou afirmando, desde o início, é que a prostituição é uma conduta indecorosa, não do ponto de vista jurídico, mas sim moral. EXCESSO MORAL, compreendeu seu acéfalo?
“O preço da liberdade é a vigilância eterna”. — Thomas Jefferson
Avatar do Usuário
João Canabrava
Veterano
Veterano
Mensagens: 253
Registado: 28 abr 2016, 20:09
Reputação: 2
Brazil

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor João Canabrava » 10 jun 2016, 19:43

o que eu vejo nesse tópico são duas pessoas que dizem a mesma coisa atacando uma a outra por dizer aquilo que não disseram. Total nonsense
:facepalm:
Avatar do Usuário
Homem
Moderador
Moderador
Mensagens: 1345
Registado: 12 mar 2016, 19:42
Reputação: 11

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Homem » 27 nov 2016, 19:04

Despesas com servidores batem recorde

Com encolhimento da economia e reajustes salariais, pagamento do funcionalismo federal vai a 5,7% do PIB, maior proporção desde 1995

Murilo Rodrigues Alves
O Estado de São Paulo

27 Novembro 2016


Brasília – O encolhimento da economia brasileira, combinado com os reajustes concedidos nos últimos tempos aos servidores públicos, fez com que o peso das despesas com pagamento de pessoal da União como proporção do Produto Interno Bruto (PIB) batesse recorde. De todas as riquezas produzidas pelo País, 5,7% são consumidos para honrar o contracheque do funcionalismo dos três poderes.

Trata-se do maior valor desde 1995, quando tem início a série histórica do Ministério do Planejamento. Para efeito de comparação, é mais do que o dobro do déficit da Previdência do INSS previsto para este ano, estimado em 2,4% do PIB.

Segundo o Ministério do Planejamento, o governo federal – nos três poderes – tinha até agosto (dado mais atual) 2.216.431 pessoas em sua folha. Desse total, 55,6% estão trabalhando, 26,1% são aposentados e 18,3% são pensionistas. Nos 12 meses terminados em agosto, o total da folha de pagamento foi de R$ 265,9 bilhões, dos quais R$ 159,1 bilhões de salários para funcionários da ativa, R$ 68,1 bilhões de aposentadoria e R$ 38,5 bilhões de pensões.

Em 2015, as despesas com o pagamento do funcionalismo corresponderam a 4,3% do PIB; nos dois anos anteriores, a 4,2%. O maior registro, desde então, tinha sido o de 1995, segundo ano do governo de Fernando Henrique Cardoso, quando 5,4% do PIB foram gastos com a folha dos servidores. No último ano de FHC, 2002, as despesas com o funcionalismo alcançaram 5% do PIB.

No fim dos oito anos de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2010, o porcentual foi de 4,7%, mas caiu no primeiro ano de Dilma para 4,5% e atingiu o piso, 4,2%, nos dois anos seguintes.

A economista-chefe da XP Investimentos, Zeina Latif, diz que a recessão vai fazer com que o peso da folha de pagamento deva aumentar no curto e médio prazos, uma vez que o PIB deve continuar caindo. “O problema está no numerador e no denominador”, explica a economista, ao se referir tanto ao achatamento da economia quanto à política de valorização dos salários dos servidores públicos nos últimos anos.

Impacto

Os reajustes concedidos às carreiras do Executivo, do Legislativo e do Judiciário aumentarão em R$ 68,7 bilhões os gastos com o pagamento da folha de servidores entre agosto deste ano e o fim de 2018.

“O fato de ter rigidez em relação à folha tira liberdade do governo para reagir em momentos de crise”, diz Zeina, que foi convidada para fazer parte do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão, cuja primeira reunião aconteceu na segunda-feira.

A economista defende que a concorrência e a meritocracia passem a ser usadas tanto para a remuneração quanto para a possibilidade de demissão – como ocorre no setor privado. Segundo Zeina, a flexibilização dos “privilégios” dos servidores públicos, como a estabilidade, está em vigor nos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), mas não deve ser encampada pelo presidente Michel Temer. “É uma coisa para o próximo presidente.”

Anos 1990

Na média de setembro de 2015 a agosto deste ano, o governo federal gastou 38,2% das suas receitas com o pagamento dos servidores públicos. Ao se aproximar da fronteira dos 40%, a parcela das receitas destinada a gastos com pessoal volta a patamares vistos apenas antes de 2000.

A relação é tida como um termômetro da saúde financeira das finanças públicas do governo. Desde 2000, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) determina que o governo federal só pode gastar até 50% de suas receitas correntes líquidas com a folha de pagamento.

Na série histórica sobre a relação, o maior porcentual foi verificado em 1995, quando 54,5% das receitas eram gastas com pessoal. O menor nível foi verificado em 2005, quando 27,3% das receitas foram usadas para pagar funcionários públicos.

As receitas correntes líquidas correspondem à arrecadação do governo com tributos e impostos menos as transferências constitucionais e legais obrigatórias, contribuições para o Programa Integração Social (PIS) e Programa de Formação do Patrimônio do Serviço Público (Pasep) e o pagamento de benefícios tributários.


http://economia.estadao.com.br/noticias ... 0000090827
"Acabou o dinheiro, o carro, acabou os amigos e as mulheres" (Predador)
Avatar do Usuário
Buffalo
Sargento
Sargento
Mensagens: 227
Registado: 07 nov 2016, 21:31
Reputação: 0
Brazil

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Buffalo » 27 nov 2016, 19:40

Com ou sem privatização confrades, o que reina é o money, no final das contas venceria aquele que tem mais dinheiro e iria corromper o sistema novamente, querendo ou não a solução global dos poderes, esta na formação e vitoria de um partido CONSERVADOR para curar os valores dos brasileiros.

Caso não esqueça esse sonho de uma sociedade boa, afinal o sistema sempre é formado por componentes, não importa qual.
A meta principal é incendiar a matrix, colocar fogo em sua roma e fazer com que retorne das chamas o verdadeiro mundo da real.
Avatar do Usuário
Homem
Moderador
Moderador
Mensagens: 1345
Registado: 12 mar 2016, 19:42
Reputação: 11

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Homem » 27 nov 2016, 20:12

Buffalo Escreveu:Com ou sem privatização confrades, o que reina é o money, no final das contas venceria aquele que tem mais dinheiro e iria corromper o sistema novamente, querendo ou não a solução global dos poderes, esta na formação e vitoria de um partido CONSERVADOR para curar os valores dos brasileiros.

Caso não esqueça esse sonho de uma sociedade boa, afinal o sistema sempre é formado por componentes, não importa qual.

Esse é o seu grande problema... Achar que POLÍTICOS são a salvação pro Brasil...
"Acabou o dinheiro, o carro, acabou os amigos e as mulheres" (Predador)
Avatar do Usuário
Homem
Moderador
Moderador
Mensagens: 1345
Registado: 12 mar 2016, 19:42
Reputação: 11

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Homem » 27 nov 2016, 20:14

Ainda mais numa época em que políticos criminosos se absolvem a si mesmos pelos seus crimes...

Ou seja, o Estado se revela como uma gangue...
"Acabou o dinheiro, o carro, acabou os amigos e as mulheres" (Predador)
Avatar do Usuário
Buffalo
Sargento
Sargento
Mensagens: 227
Registado: 07 nov 2016, 21:31
Reputação: 0
Brazil

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Buffalo » 27 nov 2016, 21:49

Homem Escreveu:
Buffalo Escreveu:Com ou sem privatização confrades, o que reina é o money, no final das contas venceria aquele que tem mais dinheiro e iria corromper o sistema novamente, querendo ou não a solução global dos poderes, esta na formação e vitoria de um partido CONSERVADOR para curar os valores dos brasileiros.

Caso não esqueça esse sonho de uma sociedade boa, afinal o sistema sempre é formado por componentes, não importa qual.

Esse é o seu grande problema... Achar que POLÍTICOS são a salvação pro Brasil...



''ESSE É SEU GRANDE PROBLEMA'' cara se leu direito oque falei? ''esta na formação'' no caso um grupo de pessoas decente se unisse e criasse um novo partido um novo órgão para tentar reverter essa espiral de anti-valores. Em nenhum momento eu falo desses políticos carreiristas que vc ta imaginando.
A meta principal é incendiar a matrix, colocar fogo em sua roma e fazer com que retorne das chamas o verdadeiro mundo da real.
Avatar do Usuário
Marlboro
Cabo
Cabo
Mensagens: 186
Registado: 22 nov 2016, 07:31
Reputação: 0
Bolivia

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Marlboro » 28 nov 2016, 07:51

Homem Escreveu:
Thanatos Escreveu:
Homem Escreveu:
Brabham Escreveu:
Homem Escreveu:A discussão está se desviando do assunto do tópico. Não há nenhum país anarcocapitalista hj, mas existem países mais livres, com impostos mais baixos, sistema de governo mais descentralizado, com mais liberdade econômica e liberdade em outras questões (como porte de armas livre, alistamento militar voluntário, prostituição liberada, etc.) e são os países mais desenvolvidos....

Com isto, eu concordo. Os benefícios de um Estado mínimo são irrefutáveis.
Apenas discordo de excessos como a liberação da prostituição. :joinha:

Então vc acha a prostituição ser liberada? Prefere então que as civis tenham o monopólio do mercado sexual?

Vc nem parece da Real.

Concordo que a prostituição não deve ser estimulada, mas defender controle não é coisa de realista, pelo contrário, as feminazis que defendem a proibição de prostituição (como na Suécia, onde os clientes são criminalizados)....


Na Suécia, tem feminazi querendo punir o cara que pega uam puta fora da suécia, tipo o cara viaja pra Amsterdam, pega uma garota lá e se descobrirem, ele é preso. Só pras civis terem monopólio do sexo...

Se não me engano, na Noruega já é assim.


Essas feminazis nao prestam para nada mesmo ... querem o monopolio sexual, querem colocar correias ao redor do pescoço dos homens e torna-los escravos. Se hj a manginagem ja é grande desse jeito, imagine com o fim da prostituição.
EU VOU METER A REAL EM TODO MUNDO! HAHAHAHAHA :lol:
Avatar do Usuário
Marlboro
Cabo
Cabo
Mensagens: 186
Registado: 22 nov 2016, 07:31
Reputação: 0
Bolivia

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Marlboro » 28 nov 2016, 07:56

Don Welzo Escreveu:Interessante.

Queria saber se os doutrinadores jurídicos teriam coragem de defender o ativismo policial diante da inépcia do Judiciário.

Mas como são caras de pau, querem por querem essa ferramenta do ativismo judicial, especialmente para tutelar demandas criadas pelo marxismo cultural.


Delegados as vezes precisam ter poder para executar algumas ações que envolvem casos de vida ou morte ... mas as leis pro-marginais do esquerdismo acabam com o poder do delegado, que fica na maioria das vezes impotente. A vitima é a que sempre se lasca .... Um processo judicial é atordoante e demorado, o que sabem é levar na delegacia, prender mesmo sendo inocente e depois de anos e tartaruguisse, isso se for investigado, levar a tribunal para julgamento.
EU VOU METER A REAL EM TODO MUNDO! HAHAHAHAHA :lol:
Avatar do Usuário
Homem
Moderador
Moderador
Mensagens: 1345
Registado: 12 mar 2016, 19:42
Reputação: 11

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Homem » 28 nov 2016, 18:41

Buffalo Escreveu:
Homem Escreveu:
Buffalo Escreveu:Com ou sem privatização confrades, o que reina é o money, no final das contas venceria aquele que tem mais dinheiro e iria corromper o sistema novamente, querendo ou não a solução global dos poderes, esta na formação e vitoria de um partido CONSERVADOR para curar os valores dos brasileiros.

Caso não esqueça esse sonho de uma sociedade boa, afinal o sistema sempre é formado por componentes, não importa qual.

Esse é o seu grande problema... Achar que POLÍTICOS são a salvação pro Brasil...



''ESSE É SEU GRANDE PROBLEMA'' cara se leu direito oque falei? ''esta na formação'' no caso um grupo de pessoas decente se unisse e criasse um novo partido um novo órgão para tentar reverter essa espiral de anti-valores. Em nenhum momento eu falo desses políticos carreiristas que vc ta imaginando.

E isso é uma ilusão. Acreditar que através da política, vai "curar" os valores de uma sociedade... Isso não funciona assim... Quem defende valores é a Igreja, a família, os empreendedores, os meios de comunicação..., Então se os conservadores querem curar os valores de uma sociedade, que se foquem nesse ramo...

No mais, como dizia o Lord Acton, "o poder corrompe", sendo assim, como garantir se esse grupo de pessoas conservadoras se corrompesse (como já aconteceu com muitos conservadores que tiveram o controle do estado na mão, basta ver o exemplo da direita cristã nos EUA e dos militares brasileiros)...
"Acabou o dinheiro, o carro, acabou os amigos e as mulheres" (Predador)
Avatar do Usuário
Marlboro
Cabo
Cabo
Mensagens: 186
Registado: 22 nov 2016, 07:31
Reputação: 0
Bolivia

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Marlboro » 29 nov 2016, 07:35

Buffalo Escreveu:
Homem Escreveu:
Buffalo Escreveu:Com ou sem privatização confrades, o que reina é o money, no final das contas venceria aquele que tem mais dinheiro e iria corromper o sistema novamente, querendo ou não a solução global dos poderes, esta na formação e vitoria de um partido CONSERVADOR para curar os valores dos brasileiros.

Caso não esqueça esse sonho de uma sociedade boa, afinal o sistema sempre é formado por componentes, não importa qual.

Esse é o seu grande problema... Achar que POLÍTICOS são a salvação pro Brasil...



''ESSE É SEU GRANDE PROBLEMA'' cara se leu direito oque falei? ''esta na formação'' no caso um grupo de pessoas decente se unisse e criasse um novo partido um novo órgão para tentar reverter essa espiral de anti-valores. Em nenhum momento eu falo desses políticos carreiristas que vc ta imaginando.


Político carreirista so quer mamar na teta do estado ... sabe que o povo paga 5 meses de impostos por ano para sustentar um bando de sanguessugas! Essa espiral de anti-valores lucram alguns perversos da política; :likeaboss
EU VOU METER A REAL EM TODO MUNDO! HAHAHAHAHA :lol:
Avatar do Usuário
Homem
Moderador
Moderador
Mensagens: 1345
Registado: 12 mar 2016, 19:42
Reputação: 11

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor Homem » 17 jun 2017, 17:33

Entre 2000 e 2012, o estado brasileiro SEXTUPLICOU os gastos com os funças:

"Acabou o dinheiro, o carro, acabou os amigos e as mulheres" (Predador)
Avatar do Usuário
jessicata
Aspirante
Aspirante
Mensagens: 4
Registado: 28 jul 2017, 09:07
Reputação: 0
American Samoa

Re: Judiciário brasileiro é um dos mais caros mundo e ainda vão dar aumento

Mensagempor jessicata » 28 jul 2017, 13:18

Esse tipo de tópico só da vontade de ler e ir correndo para outro país. Ta louco, me da nojo dessa doença de governo que vivemos, temos que trabalhar trabalhar e trabalhar para esses corruptos rirem da nossa cara. FDP's
________________________________________________________________________________________________________________
A Verdadeira ciência é a de estudos, pois aqui ela complementa tudo o que pensamos não entender.

Voltar para “Política”

Quem está logado:

Usuários neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante